whatsapp-logo-1.png
Aulão  
04/04/2020

Venha participar de uma atividade lúdica e transformadora que tem impactado centenas de pessoas das mais diversas áreas.

Neste encontro você vai experienciar alguns conceitos como:

  • Concentração,

  • Estado de presença,

  • Criatividade,

  • Propósito,

  • Empatia,  

  • Desinibição,

  • Alegria,

  • Prazer

  • Entusiasmo.

Rafael de Moura

De Moura inciou sua vida artística aos 4 anos e de lá para cá atuou no teatro, na música e no circo. É diretor, produtor e empreendedor. Já recebeu diversos prêmios por suas atuações e projetos atuando no Brasil e  Exterior. Rafael encontrou na arte, desde cedo, recursos para vencer seus obstáculos, ter uma vida com propósito, alegria e entusiasmo e atualmente se dedica a compartilhar seus conhecimentos através de cursos e atividades oferecidos pela escola Construindo Seu Clown, além de palestras e workshops.

Segue abaixo alguns temas que serão abordados:

Palhaçaria Terapêutica: Como a arte pode nos ajudar no dia a dia - Técnicas para viver o presente e diminuir a ansiedade
Comunicação não-verbal - Desinibição - Foco e atenção
Como desenvolver criatividade - O lúdico e o infantil como recurso para o encantamento  - Fazendo muito com pouco

Vagas Limitadas - Garanta a sua!

Lote 01

Até o dia 21/03/2020

Nosso primeiro lote foi um sucesso!

Obrigado a todos que se inscreveram!!!

De:

R$ 100,00

Lote 02

Até o dia 30/03/2020

Sua segunda chance de ainda comprar com desconto, podendo dividir em até 10 vezes.

De:

R$ 120,00

Lote 03

Até o dia 04/04/2020

Ainda poderá aproveitar a oportunidade do Aulão, ainda pode dividir em até 10 vezes.

De:

R$ 160,00

Cronograma:

09:30 - Apresentação do ministrante com breve fala sobre a metodologia da escola
10:00 - Introdução a palhaçaria -  Como esta arte pode te ajudar a viver o dia a dia mais leve. Quais  recursos a palhaçaria te ensina para enfrentar os conflitos do cotidiano.
10:30 - MindFulness, despertar para um corpo comunicativo Gatilhos e receitas para um ser mais lúdico e criativo
11:30 – Lendo e expressando através da face. A mascara que comunica.
12:00 - Saindo da caixa, entrando em estado de flown, saindo do pensamento binário e entrando no modo ação criativa
12:30 - Encerramento.

Pré-requisitos

Ter mais de 14 anos, estar buscando uma experiência inovadora, leve, divertida e com interesse em ressignificar a rotina com mais leveza e alegria.

Veja mais depoimentos:

Gabriela Guaragna


"Fui pro aulão empurrada pela minha colega e amiga Maria Barcellos. Sinceramente, eu tava resistente pra caramba e só fui na parceria. Chegando lá, mesmo com todo o carinho do pessoal, meu eu-crítico tava com um nariz internamente torto e inseguro. Aos pouquinhos as casquinhas foram caindo e - sem eu perceber! - o nariz torto ficou torto pro outro lado. Fiquei leve como uma lombriga. Me diverti sem ver o tempo passar e tudo o que eu sabia eu desoube. 
Saí revirada e voltei pra casa com vontade de mais. Ver mais pessoas, rir, conversar, brincar, estudar esse universo. E isso seguiu repercutindo, vibrando e colorindo a minha forma de ver as coisas. 
O aulão foi só um comecinho desse percurso e que eu sigo agora no módulo um (até o infinito). 🤡"

Vera Amaral
 

"Existem duas pessoas diferentes na minha história de vida recente. Uma Vera que era muito séria, formal e distante, e outra que agora ri, abraça e brinca, sem medo de parecer inapropriada. Milagre? Não, as experiências vividas na escola Construindo seu Clown me permitiram enfrentar o medo do ridículo e da exposição pessoal, como nenhuma terapia conseguiu até hoje."

Cassiele Sousa Morais
 

 

"O meu primeiro contato com a escola , foi algo que tocou direto no coração. 
Assisti uma atividade no Instagram e decidi participar do Aulão! Foi sem dúvida nenhuma, o melhor presente que poderia ter me dado nesse ano. Neste dia eu chorei , pois estava fragilizada e vulnerável devido a depressão, me emocionei , me senti acolhida de verdade , e principalmente eu brinquei e me diverti, pude perceber que tudo estava dentro de mim e o quão simples poderia ser , explorar esses bons sentimentos. Desde aquele dia eu tenho me sentido leve, livre e me reconhecido como ser humana.  O maior medo que tive antes de fazer parte da Construindo Seu Clown , era o de nunca mais ter prazer em realizar as coisas e ter perdido o entusiasmo. Mas hoje eu tenho a convicção que eu quero ser feliz , que eu quero transmitir alegria de forma genuína para as pessoas, quero me desenvolver e continuar a fazer parte deste movimento de amor e de conexão com o ser."

© CNPj 13.698.992/0001-14

Entre em contato:  (51) 99530.8508

Políticas de Privacidade
Termos de Uso